sábado, 20 de julho de 2013

Baú do Perseguição


Oradukapeta

O programa infantil mais engraçado da história da televisão brasileira. Era apresentado diariamente por Sérgio Mallandro, no SBT, que não economizava na bagunça. Oradukapeta tinha jogos, sorteios e desenhos animados. No cenário, ao fundo, existiam até rampas de bicicleta, onde alguns ciclistas ficavam fazendo manobras radicais. Sérgio Mallandro não deixava ninguém parado e, “do nada”, ele poderia gritar: “Olha o avião! Abaixa!”, e todos tinham que se jogar no chão enquanto o ruído de um avião tomava conta do palco.
Sérgio Mallandro e a Porta dos Desesperados.
Mas as brincadeiras eram o forte do programa. Quem assistiu, vai lembrar de, pelo menos, duas. Uma delas era a “Porta dos Desesperados”, a versão do Mallandro para a Porta da esperança, de Sílvio Santos. Nela, existiam três portas: uma continha vários prêmios como bicicleta, videogame e jogos. As outras duas tinham um monstro cada, que saía correndo atrás da criança ao som da risada macabra de Vicent Prince (da música Thriller, de Michael Jackson). Mas, antes de abrir a porta, Serginho Mallandro fazia acriança ficar alucinada, gritando: “pula no mar!”, e ela tinha que se jogar no chão e “nadar”. A segunda brincadeira era estrelada pelo goleiro Mallandrovsky, em que o próprio Mallandro colocava uma peruca enorme e roupas berrantes de goleiro, e tentava defender as cobranças de pênaltis das crianças em frente a uma trave montada no palco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário