segunda-feira, 3 de junho de 2013

Qualquer Bobagem


A coluna Qualquer Bobagem tem chutado a violência e os hipócritas semanalmente, e isso já está ficando chato. Nesta semana vamos mudar o foco e mostrar o trabalho bacana de um professor de futebol com visão de futuro, Luiz Rita vem desenvolvendo um trabalho exemplar e diferenciado com crianças e adolescentes de São Francisco Xavier e Monteiro Lobato. Conheça mais sobre o profesor Luizinho, que através do futebol, ensina cidadania a seus alunos.
Esta matéria foi a estreia do Caranguejo no Jornal Desportivo de Jacareí, e é destaque no site também, o link pode ser acessado abaixo da matéria. Boa leitura. 

Um policial cidadão

Futuros craques da bola aprendem um pouco mais de cidadania dentro das quatro linhas, seja nos campos ou nas quadras. O soldado Luiz Rita, da Polícia Militar, vem desenvolvendo junto a crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos, o Projeto Criança Cidadã.
O projeto hoje conta com a participação de 90 alunos entre meninos e meninas na cidade de Monteiro Lobato e o Distrito de São Francisco Xavier. 
O professor e os futuros craques da cidadania
Visa antes de tudo, incentivar os alunos a seguir um caminho com mais disciplina, respeito ao próximo e claro, um bom comportamento no meio social. O professor Luiz é formado em Educação Física e está na Polícia Militar desde 1993, no entanto junto das crianças atendidas pelo projeto, ele tem o papel de incentivá-las a seguirem em um caminho correto. 
Para ser aluno do projeto, o aluno tem que estar em dia com suas obrigações escolares, estando com boas notas, o que também lhe dá o direito de participar de jogos amistosos contra equipes formadas por alunos de projetos de outras cidades, e até mesmo passeios para conhecerem a faculdade de Educação Física, o Grupamento Aéreo e o Regimento de Cavalaria da Polícia Militar, em São Paulo.  
Para ele os palavrões e as gírias não têm espaço dentro das quatro linhas. Esse tipo de comportamento é inadmissível no Projeto Criança Cidadã. 
Os adolescentes não têm o hábito de falar palavrões
Mas não é só esse tipo de “bola fora” por parte dos alunos que deixa o professor Luiz bravo, todos os meses ele vai pessoalmente às escolas para saber dos próprios professores e funcionários como seus alunos tem se comportado nas escolas e principalmente se suas notas estão boas. 
O aluno que não se “enquadra no sistema”, seja com notas ruins ou um mal comportamento, perde o direito de disputar jogos amistosos, de passear ou até mesmo de participar do desfile de 7 de setembro, quando ao lado do pelotão da Polícia Militar, desfilam pelas ruas de São José dos Campos. 
O professor Luiz é muito querido por seus alunos, esse sentimento fica nítido ao acompanharmos um treino das crianças. Ele é aquele tipo de “cara gente boa”, mas que fica furioso quando escuta algum palavrão dentro de campo. 
É lógico que o professor Luiz conversa muito com cada aluno, tentando obter dele algum tipo de comprometimento de que irá melhorar no próximo semestre escolar, de que irá se comportar na escola ou diante da família dependendo do caso, é como se uma segunda chance fosse dada aos “bagunceiros” e isso vem dando resultado.
Os alunos que se destacam são incentivados
Luiz comentou sobre um aluno que dava muito trabalho na escola e que depois de ter entrado para o projeto melhorou 100%, tanto na escola, quanto no convívio familiar. 
O professor vem recebendo muitos elogios de pais e professores e principalmente muita colaboração e carinho de seus alunos. 
Já os alunos que se destacam com um bom comportamento e boas notas, sem precisar de um “puxão de orelhas”, são agraciados com um troféu, uma forma de incentivar o futuro campeão a continuar pelo caminho que já vem seguindo. 
O Projeto Criança Cidadã não agrada somente aos alunos, mas principalmente aos pais, que se mostram contentes com o incentivo e ensinamentos de cidadania que seus filhos recebem por parte do professor Luiz, um exemplo para seus alunos.
Para quem desejar ler pelo site do Jornal Desportivo, basta acessar o link abaixo: http://www.jornaldesportivo.com.br/2013/05/um-policial-cidadao-em-monteiro-lobato.html


2 comentários:

  1. Um trabalho que merece divulgação na esperança de que outros se inspirem no Professor Luiz.
    Uma dedicação ampla que formará adulstos com valores morais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom saber que temos pessoas que se dediquem a ensinar nossos jovens, pessoas que não viram suas caras e encaram essa responsabilidade. Obrigado pela participação Anita... Mais uma vez. Beijão, té+!!!

      Excluir