domingo, 16 de junho de 2013

Perseguição na Copa das Confederações


Nigéria

Enyeama é, talvez, o melhor goleiro da história da Nigéria. Mikel joga como no Chelsea, como primeiro volante mordedor, mas o companheiro Victor Moses aparece mais como meia ofensivo e não tão no ataque como no clube inglês. A dupla de frente tem qualidade de sobra.
Nigeria Football Association
O técnico Stephen Keshi poderá contar com Ideye Aide, atacante rápido, com boa presença de área e muita força física. Um verdadeiro tanque, que tem passado por cima dos adversários do Dínamo de Kiev, na Ucrânia.
Aliás, a força física foi e sempre será um ponto forte da Seleção Nigeriana. É um diferencial das seleções africanas e não dá para citar a Nigéria e não falar sobre a sua preparação física. É um diferencial no jogo pegado de hoje, se transformou em uma grande arma, é correria o tempo todo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário