sábado, 15 de junho de 2013

Perseguição na Copa das Confederações


Uruguai

O 4-4-2 é cheio de experiência. Muslera foi o titular da última Copa do Mundo e segue em boa forma. 
Asociación Uruguaya de Fútbol
A dupla de zaga é confiável, com Lugano e Godín, e o jovem meia Ramírez, de 22 anos, vem sendo tratado no país como esperança. No ataque, Cavani e Suárez tentam brilhar como na Europa.
O meio-atacante Nicolás Lodeiro foi um dos destaques do estadual conquistado pelo Botafogo-RJ, o que despertou a atenção de clubes europeus. Tem boa visão de jogo e a raça típica dos uruguaios. No ataque Cavai é o cara. Suárez pode até ter mais grife, mas é Edinson Cavani quem está em melhor fase.
Além de a confiança andar baixa e o técnico Óscar Tabárez já ter peitado alguns medalhões, a pressão só tem aumentado nesta fase negativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário