quinta-feira, 30 de maio de 2013

(Des)Plugado


Taubaté implantará Ação Delegada

Taubaté pretende combater o crime através da Atividade Delegada. Após a implantação da medida, a intenção do governo é dobrar o número de policiais militares nas ruas da cidade em 2014, com o chamado “Bico Oficial” da PM.
Ontem, durante a audiência sobre metas fiscais do primeiro quadrimestre na Câmara, o prefeito Ortiz afirmou que o número de 50 policiais que deverão integrar o convênio vai saltar para 100 em 2014 e 150 para 2015. O projeto para este ano é avaliado entorno de 1,5 milhão de reais, chegando em 2014 a 4 milhões e, em 2015, a 7 milhões r$.
Ação Delegada será implantada em Taubaté
Segundo o prefeito, o número de policiais que vão fazer parte da atividade delegada no ano que vem será maior do que o Batalhão da PM em Taubaté, disponibiliza por turno na cidade.
O projeto para a Atividade Delegada foi regulamentado em abril e ainda não tem data definida para assinatura do convênio com a Secretaria de Segurança Pública. A parceria permite a utilização de policiais em dias de folga, mas com o uniforme e o armamento, no apoio às atividades de fiscalização a cargo do município.
O objetivo é que o convênio ajude a diminuir a violência em Taubaté.

2 comentários:

  1. Com certeza a população de taubaté sairá ganhando tendo mais policiais nas ruas, em São Paulo os índices de furtos e roubos a transeuntes diminuíram bastante com a ATIVIDADE DELEGADA nas principais áreas comerciais onde são empregadas essa função. Torço para que dê certo e que em São José dos Campos deixe de ser uma briga política e que também comece a ATIVIDADE DELEGADA. Alessandro L.Ribeiro Sjc/SP

    ResponderExcluir
  2. Alessandro, iInfelizmente com salários ruins e a pressão que vem de dentro da própria corporação, os policiais militares se veem obrigados a fazerem a Ação Delegada. Com certeza a população ganhará, mas os familiares e amigos dos policiais só perdem sem eles em seus convívios. Um viva ao nosso governo incompetente!!!

    ResponderExcluir