terça-feira, 28 de maio de 2013

(Des)Plugado


Cada dia mais insuportável

Ontem por volta das 21h, o dentista Alexandre Peçanha Gaddy, 41, estava sozinho em seu consultório na Vila Tatetuba, em São José dos Campos, quando foi surpreendido por dois indivíduos encapuzados que chegaram anunciando um assalto.
Como Alexandre não tinha r$ naquele momento, os marginais atearam fogo em seu corpo, que ficou cerca de 70% queimado, e fugiram sem deixarem pistas. Os bandidos usaram álcool para fazerem a barbárie. Alexandre foi socorrido por um vizinho antes da chegada do resgate e após isso foi levado ao Pronto Socorro Municipal, onde permanece internado em coma induzido.
Banheiro do consultório, onde Alexandre foi queimado
E a pena de morte no Brasil? Vai rolar ou não? Tem que começar lá de cima, Por Brasília e se espalhar para o resto do país. Dizem que bandido não tem medo de morrer - eu não acredito, pois quem tem cú, tem medo, e com eles não deve ser diferente -, mas mesmo que sejam os phodões, os aprendizes de nóias ainda devem ser medrosos, e se verem seus “irmãozinhos” sendo mortos, não se arriscariam tanto e talvez mudassem de idéia e procurariam um emprego (eu escrevi emprego, e não Bolsa qualquer Coisa). Já no caso dos políticos, acho que faltariam candidatos nas eleições, mas nossas vidas seriam bem melhor sem eles. Vamos mudar, vamos ter mais atitudes, senão daqui há alguns anos esse país estará insuportável... Quem viver verá. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário